Os voadores do Santuário dos Ventos

Publicado em: 01/03/2018


Santuário dos Ventos, romance de George R.R. Martin e Lisa Tuttle que a LeYa lança no Brasil este mês, conta e história de Maris, uma menina que tinha o sonho de se tornar uma voadora. Mas, afinal, o que é um voador?

Muitos e muitos anos antes da história apresentada no livro, a humanidade desbravou o espaço. Viajou pelas estrelas em busca de novos planetas, navegando em grandes navios com velas feitas de um tecido especial. Não temos noticias do sucesso dessas expedições, mas foi um dos fracassos que gerou a grande aventura narrada no livro.

Um desses navios sofreu um acidente, caindo num planeta de imensos oceanos e tempestades violentas. Um mundo onde a única terra disponível eram mil ilhas rochosas e esparsas, onde os ventos não paravam de soprar. Com o navio avariado, os sobreviventes ficaram presos no planeta e tiveram que lutar para sobreviver no ambiente hostil. Com o passar do tempo, se espalharam pelas ilhas e tentaram prosperar.

A geografia do planeta obrigava que a comunicação entre os diversos povoados fosse feita pelo mar, mas, como as ilhas eram muito separadas e os mares estavam infestados por monstros, os sobreviventes foram obrigados a tentar fazê-la pelo ar. Aproveitando a baixa gravidade e a densa atmosfera do planeta, confeccionam asas de metais feitas com as velas do navio caído. Foi assim que surgiram primeiros voadores.

Para saber mais sobre essas pessoas incríveis, leia Santuário dos Ventos, este mês nas melhores lojas e já em pré-venda!


Compartilhe


Comentários