E então temos cinco… – por George R.R. Martin

Publicado em: 27/09/2017


… séries sucessoras de Game of Thrones, é isso.

Verdade seja dita, há alguns meses já tínhamos cinco roteiros nas mais diversas fases de desenvolvimento. Acho que cheguei a mencionar…

Mas agora está tudo encaminhado e já pode ser divulgado. BRYAN COGMAN chegou para tocar a quinta série sucessora. James Hibberd deu o furo na ENTERTAINMENT WEEKLY.

Bryan Cogman dispensa apresentações aos fãs de GAME OF THRONES. Ele é parte da série desde o início… desde antes do início, na verdade, desde que foi contratado como assistente do David Benioff e do D.B. Weiss antes de a série ir ao ar, antes mesmo de o piloto ser filmado. Depois desse início modesto, ele se tornou roteirista, editor, coprodutor, produtor e, enfim, supervisor de produção. Informalmente foi o “Guardião das Tradições” de GOT, o cara que conhecia o cânone melhor que qualquer um (com exceção de mim, ainda que de vez em quando eu não tenha tanta certeza disso). Ele escreveu mais episódios de GAME OF THRONES que qualquer pessoa além de Dan & David… incluindo algum dos melhores. Se D&D têm sido os reis de Westeros pelas últimas sete temporadas, Bryan Cogman certamente foi o Príncipe de Dragonstone.

Eu adoraria falar mais sobre a série em que Bryan vai estar envolvido… mas não fizemos isso com as outras quatro séries sucessoras, então não devemos fazer com esta também. Tudo no seu tempo.

Posso dizer que, como os outros pilotos, será uma prequel em vez de uma sequência, um sucessor em vez de um spin-off. A série de Bryan será uma adaptação, e, acho que isso vai animar boa parte dos fãs dos livros, ambientada num período bem empolgante da história de Westeros. E vou trabalhar com ele em todo o processo; seremos cocriadores da série.

Enquanto isso, Jane Goldman, Brian Helgeland, Max Borenstein e Carly Wray estão trabalhando nas outras quatro séries sucessoras. Eu também andei trabalhando nelas (de maneira mais próxima em umas que em outras), e estou animado com o que eles estão elaborando. A HBO precisa de um material rico para poder fazer suas escolhas. (E não estou nem levando em conta as ideias um tanto bizarras que tive para outras quatro séries, só por diversão. Tenho oito milhões de histórias na naked city e talvez dez vezes mais em Westeros e nas terras além dos mares estreitos.)

No entanto, vocês não devem ter a expectativa de ver todas as cinco séries prontas, pelo menos não imediatamente… Por mais que eu ame a ideia, a HBO não vai se transformar no canal GAME OF  THRONES. Mas podemos prever duas ou até três delas chegando até a fase do piloto, com uma indo ao ar em 2019 ou 2020… e outras mais tarde, talvez, se derem tão certo quanto o que todos nós esperamos. Repito, talvez. Mas eu não deveria ficar aqui especulando, vocês têm a mania de ficar animados DEMAIS. A verdade é que ninguém sabe. E eu menos que qualquer um.

Por enquanto, basta dizer que Bryan Cogman está dentro, e nós estamos empolgadíssimos.

Localização atual: Santa Fe.

Mood atual: SALTITANTE


Texto traduzido do post “And Then There Were Five…“, publicado originalmente por George R.R. Martin em seu blog oficial em 2o de setembro de 2017. Link para o blog: http://grrm.livejournal.com/.


Compartilhe


Comentários